10 brincadeiras para você e seu filho – Parte 2

No primeiro artigo da série, eu escrevi sobre 10 brincadeiras muito divertidas para você fazer com seu filho, cada uma para determinada faixa etária específica. Hoje, vamos conferir mais dez!

1 – Pular corda
Idade: a partir de 6 anos
Número de participantes: de 1 a 5

Essa é fácil, né? Duas crianças seguram a corda, uma em cada ponta, e fazem com que ela gire. Os outros participantes precisam pular a corda, que está em movimento. Isso pode ser feito com batidas lentas ou muito rápidas. Sai do jogo quem tropeça na corda. Também dá para pular em grupo, entrando um de cada vez ou todos juntos. Se a criança estiver sozinha, ela pode girar a corda com as duas mãos e pular!

2 – Casa de cartas
Idade: de 7 a 12 anos
Número de participantes: a partir de 2

As crianças devem juntar duas cartas e equilibrá-las de modo a criar um formato piramidal. Ao fazer vários “triângulos” dessa forma, é possível colocar uma carta na horizontal acima de dois triângulos e, assim, formar a base para o segundo andar. A ideia é formar um castelo, tomando muito cuidado para não derrubar tudo.

3 – Corrente infinita
Idade: a partir de 7 anos
Número de participantes: a partir de 4

Conforme o pegador capturar os outros jogadores, eles vão dando as mãos e formando uma corrente em que apenas as pontas podem pegar.

4 – Não me faça rir
Idade: a partir de 3 anos
Número de participantes: a partir de 2

Uma criança tenta fazer a outra rir, enquanto ela tenta desesperadamente segurar a risada. Quem rir primeiro, perde.

5 – Troca-letra
Idade: de 10 a 12 anos
Número de participantes: 4 a 8

Uma das crianças propõe uma palavra de quatro letras. O primeiro jogador deve, formar uma palavra nova a partir daquela, mudando apenas uma letra, e assim sucessivamente. Exemplo: lata – pata – mata – mala – tala. Quem não bolar uma palavra em 30 segundos, ou repetir uma que já foi, é eliminado.

6 – Futebol de botão
Idade: a partir de 6 anos
Número de participantes: a partir de 2

Este jogo tem as regras similares ao futebol de campo, mas é possível criar suas próprias regras a cada partida. Com botões ou tampinhas de garrafas, é preciso chegar ao objetivo, o gol.

7 – Quem sou eu?
Idade: a partir de 6 anos
Número de participantes: a partir de 3

Os jogadores devem ficar numa roda, e cada um escolhe o nome de uma celebridade, personagem de filme ou desenho, ou mesmo do convívio delas, escreve num papel e gruda na testa do participante da direita, sem que ele veja. Cada criança faz perguntas para os outros jogadores sobre o que ela é. Por exemplo: eu sou uma mulher? E os jogadores só podem responder sim ou não. A criança então tem uma chance de dar um palpite. Ganha quem acertar primeiro.

8 – Desfazendo o nó
Idade: de 8 a 12 anos
Número de participantes: a partir de 4

Um dos participantes se afasta dos demais. Enquanto isso, o grupo faz uma roda, de mãos dadas. Depois, devem se enlaçar, sem largarem as mãos, com acrobacia, passando por baixo ou por cima das pernas e braços, de modo a formar um nó. O escolhido volta e tem de desfazer o nó até que as crianças voltem à posição original em roda, sem soltar as mãos.

9 – Dança das cadeiras
Idade: a partir de 6 anos
Número de participantes: a partir de 5

Essa também todo mundo conhece, mas é sempre diversão garantida! Separe algumas cadeiras, de acordo com o número de pessoas, menos um. Em uma fila indiana, os participantes devem circular pelas cadeiras, com as mãos para trás e ao som de uma música. Quando a música parar, elas devem se sentar na cadeira mais próxima. Quem ficou de pé é eliminado e uma cadeira deve ser retirada. Vence quem sentar na única cadeira que restar.

10 – Pipa
Idade: a partir de 7 anos
Número de participantes: a partir de 1

Segurando a linha da pipa (atenção: brinque em uma região distante de fios de eletricidade), a criança deve ir soltando-a de acordo com a distância que se pretende alcançar e conforme a velocidade e direção contrária ao vento.

Leave a comment